Guimarães assinala os 45 anos da revolução com música, espetáculos, exposições...

23-ABR-2019

As comemorações do 25 de Abril estendem-se ao longo de vários dias, envolvendo associações e instituições de Guimarães. Sessão Solene realiza-se na quinta-feira, às 11h00.

As comemorações dos 45 anos do 25 de Abril assinalam-se em Guimarães com um conjunto de iniciativas, que se estendem ao longo deste mês, numa organização da Câmara Municipal com o Centro Infantil Cultural e Popular (CICP), Cineclube de Guimarães, Círculo de Arte e Recreio e Convívio – Associação Cultural e Recreativa.

Nos próximos dias as atividades intensificam-se no âmbito do programa “Abril com Cantigas do Maio”. Na quarta-feira, 24 de abril, decorrerá o já tradicional concerto “Sons da Liberdade”, com a Banda da Sociedade Musical de Pevidém, Grupo Coral de Ponte, Grupo Coral de Pevidém, Orfeão do CCD Coelima e Orfeão de Guimarães. Espetáculo tem início às 22h00, no grande auditório do Centro Cultural Vila Flor.

No dia 25 de abril, quinta-feira, decorrerá a sessão solene da Assembleia Municipal com início às 11h00 na Black Box da Plataforma das Artes e da Criatividade. À mesma hora, no Jardim da Alameda de S. Dâmaso tem início o concerto da Banda Musical de Caldas das Taipas. Da parte da tarde, às 16h00, está agendado um novo concerto no Jardim da Alameda designado “Traz Outro Amigo Também”, com a participação de Andreia Martins, Ção Pitada, Dino Freitas, Francisco Ferreira, João Teixeira, Kika Freitas, Luís Almeida e Patrícia Silva.

Entre as 15h00 e as 16h30, na Casa da Memória, Gonçalo Fonseca dirige “Liberdade”, nova criação do Teatro Oficina que celebra a democracia e o 25 de abril. Na Sociedade Martins Sarmento, a partir das 17h30, será inaugurada a Exposição Evocativa a Virgínia Moura. O dia termina com a exibição do filme “Cinema e Censura”, às 21h30, no pequeno auditório do Centro Cultural Vila Flor.

Na sexta-feira, 26 de abril, nota de destaque ainda para o concerto “Por Terras do Zeca”, com início ás 21h30, no Centro Cultural Vila Flor no arranque de uma digressão que vai passar por várias cidades de Portugal.

No sábado, 27 de abril, decorre o Sarau de Poesia “Vozes e Sons da Liberdade”, no Paço dos Duques. Às 16h00, inaugura-se a exposição “A Cerimónia do Adeus I O Funeral de Estado de Mário Soares visto pelos Fotógrafos”. Ainda no sábado, a partir das 17h30, o Gabinete da Juventude (Rua da Rainha D. Maria II) recebe a iniciativa “Os Jovens e as Censuras: novos desafios das liberdades individuais”.

No domingo, 28 de abril, Gonçalo Fonseca orienta uma oficina plástica a partir das 11h00, a partir dos elementos criados para o espetáculo “Liberdade”. Às 16h00, segue-se um momento de leitura encenada “Livre com um Livro” no Centro Internacional das Artes José de Guimarães.

Na segunda-feira, 29 de abril, a Rádio Santiago transmite o debate “A importância da Rádio nos dias de hoje – e afinal: Video Killed the radio stars” a partir do Círculo de Arte e Recreio.

Na terça-feira, 30 de abril, a partir das 22h00, decorre no Largo da Oliveira o espetáculo “Grândolas de Todo o Mundo”, concerto integrado no Dia Internacional do Jazz, numa organização do Convívio.

Na quarta-feira, 01 de maio, a Rádio Fundação transmite o debate “Como vivemos a Liberdade de expressão nos dias de hoje, o que nos trouxe a Internet?”, a partir do Largo do Toural, entre as 11h00 e as 13h00. O programa encerra às 17h30, com o debate “Liberdades e Censuras”, contando com as participações de António José Cruz Mendes, Bárbara Ferreira, José Carlos Vasconcelos, Mariana Ribeiro e Elsa Moura.


  • Partilhar